Telecomunicações acreditam no sucesso do áudio digital, mas não investem o suficiente

Mais de 60% das marcas de telecomunicações europeias (65%) que investem no áudio digital acredita que o streaming de música resulta em retornos de campanhas mais eficazes do que outros meios. A conclusão é do estudo do WARC “Getting your brand heard: Are European telcos harnessing digital audio’s full potential?”, desenvolvido em parceria com o Spotify Advertising.

O WARC entrevistou mais de 360 profissionais de marketing de telecomunicações de França, Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido para perceber melhor seus objectivos, gastos com media, desempenho e percepções de canais de áudio.

Outra das conclusões do relatório é a baixa performance das marcas de telecomunicações em comparação com as empresas de tecnologia. De acordo com Maria Koutsoudakis, Brand and Marketing director da Vodafone, isto deve-se ao facto de as operadoras serem previsíveis e fazerem parte de um sector linear. Ainda assim, a pandemia trouxe algumas mudanças e há agora menos previsibilidade no mercado.

Neste sentido, os dados revelam que 90% das empresas de telecomunicações europeias evoluíram na sua estratégia de comunicação ao longo dos últimos cinco anos. Estas organizações estão a dedicar-se mais a novos canais, aos dados first party e a experiências mais personalizadas. Contudo, continuam a registar desafios no que diz respeito ao targeting e ao impacto das campanhas.

O estudo demonstra também que o consumo de áudio digital está a crescer rapidamente, mas que continua a haver uma grande lacuna no investimento que é feito neste meio. No Reino Unido, Alemanha, Itália, Espanha e França o áudio digital tem mais de 17% do share total do consumo de media e, ainda assim, em cada mercado, o investimento no áudio digital enquanto percentagem do gasto total das empresas de telecomunicações em 2021 ficou abaixo dos 0,75%.

A parceria entre o WARC e o Spotify Advertising conclui ainda que 65% destas empresas que investem no áudio digital acredita que o streaming de música é mais eficaz do que outros meios e 63% acha que os podcasts têm mais eficácia. «O áudio tem a capacidade de criar alcance de forma muito rápida. Assim, utilizamos podcasts, áudio linear, rádio digital e o Spotify e funciona muito bem no tracking da nossa marca», diz, em comunicado, Norman Wagner, head of Group Media, Deutsche Telekom.

Ler Mais



loading...
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...