Sustentabilidade guia compras dos mais jovens

O preço e a conveniência poderão estar ainda entre os principais factores de influência no processo de compra, mas não são os únicos. A sustentabilidade começa a ganhar peso, especialmente entre as gerações mais jovens, uma vez que os consumidores mais novos mostram-se mais preocupados com a origem dos seus produtos: 68% dos internautas norte-americanos entre os 18 e os 24 anos realizou uma compra amiga do ambiente nos últimos 12 meses.

Esta preocupação faz com que estejam dispostos a pagar mais por artigos sustentáveis, indica o mesmo estudo desenvolvido pela CGS. «Os compradores de hoje são influenciados por mais do que o preço. Estão à procura de marcas alinhadas com os seus próprios valores e necessidades», explica Paul Magel, presidente da divisão de Business Applications da CGS, citado pelo eMarketer Retail.

O mesmo estudo, que tem por base a realidade norte-americana, 68% dos utilizadores de internet no geral apontam a sustentabilidade como um factor de peso na hora de efectuarem uma compra. Mas como estão os retalhistas a reagir a esta mudança?

No Reino Unido, 44% dos retalhistas de moda inquiridos pela Censuswide – num estudo encomendado pela Klarna – garantem que melhorar os seus padrões de sustentabilidade e ética está no topo das prioridades, a par da personalização e implementação de meios de pagamento inteligentes.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo