Stories estão a ultrapassar publicações no Facebook

Estará o Instagram a destruir o Facebook? A crescente facilidade em tirar e partilhar fotografias contrasta com a vontade cada vez menor em partilhar estados na rede social criada por Mark Zuckerberg. De acordo com o site ClickZ, uma das grandes tendências diz respeito às Stories do Instagram: os utilizadores estão interessados não só em conteúdos mais visuais como também mais efémeros.

A 31 de Janeiro deste ano, Mark Zuckerberg anunciava que as Stories estão cada vez mais perto de ultrapassar as publicações nos murais: «O crescimento das Stories vai ter um impacto na forma como construímos produtos e pensamos o nosso negócio, incluindo WhatsApp e Instagram.» Recorde-se que o Facebook detém também estas duas aplicações.

O ClickZ partilha, ainda, os resultados de um estudo elaborado pela Block Party relativamente à evolução destas ferramentas. Numa visão global, estima-se que existam mais de 970 milhões de contas a publicar Stories diariamente, tanto no Instagram como no WhatsApp, Snapchat e Facebook Messenger. Desde o início de 2016, o aumento é de 842% – possivelmente devido ao surgimento de novas opções neste campo.

A Block Party garante que o crescimento não está a abrandar, uma vez que, até ao final deste ano, deverá existir mais de um milhão de contas em redes sociais a utilizar Stories.

No que diz respeito a perfis de empresas e negócios e ao Instagram em concreto, mais de 50% cria Stories todos os meses, sendo que é expectável que este número venha a aumentar ao longo dos próximos meses. De acordo com a Block Party, as marcas podem assegurar uma experiência melhor neste ambiente através de alguns truques: planear e publicar com regularidade (em vez de ser algo esporádico e sem preparação); perceber o que funciona e equilibrar com os restantes formatos; experimentar coisas novas mas medir sempre os resultados; contar histórias e construir narrativas.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
MultiOpticas continua a apostar no apoio a crianças e jovens em risco
Automonitor
Novo Renault Captur com classificação máxima no EuroNCAP