Steve Ballmer abandona definitivamente a Microsoft

ballmer_rsSteve Ballmer abandonou o conselho de administração da Microsoft, apenas oito meses depois de ter deixado o cargo de presidente executivo da multinacional norte-americana. Chega assim ao fim a ligação directa de 34 anos que o gestor mantinha com a maior fabricante de software do mundo.

De acordo com a agência Bloomberg, Steve Ballmer, de 58 anos, mantém-se, apesar de tudo, como o maior accionista individual da Microsoft, detendo 333,3 milhões de acções, 3,48 milhões mais do que Bill Gates, fundador da companhia. Agora, o empresário deverá concentrar-se na gestão da Los Angeles Clippers, equipa da Liga norte-americana de Basquetebol (NBA), que adquiriu recentemente por dois mil milhões de dólares (cerca de 1,5 mil milhões de euros).

«Quero ser um grande accionista e quero prestar a devida atenção às minhas acções, mas perco muito tempo entre dar aulas, as minhas novas responsabilidades nos Clippers e os meus deveres cívicos», afirmou Steve Ballmer, citado pela Bloomberg.

A saída de Steve Ballmer representa mais uma mudança no conselho de administração da Microsoft, depois da demissão, nos últimos meses, de John Staton, Steve Luczo e do próprio Bill Gates, que foi substituído por John Thompson.

Recorde-se que Steve Ballmer liderou a Microsoft entre 2000 e Fevereiro deste ano, altura em que foi substituído por Satya Nadella, que também já integrava os quadros da multinacional. Durante a liderança de Steve Ballmer, a Microsoft triplicou as suas receitas, apesar das dificuldades sentidas em competir com a Apple e a Google em áreas como os smartphones, tablets e motores de busca.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Confirmado: Peugeot 508 Sport Engineered chega em 2020