Springwater Portugal assume nome da casa-mãe

A Springwater Portugal vai passar a designar-se Wamos Portugal, assumindo a designação do grupo internacional a que pertence. A mudança surge numa altura em que a Wamos pretende reforçar o seu posicionamento nos vários segmentos em que actua no mercado ibérico. A unificação da marca é o caminho escolhido.

Dedicada ao sector do Turismo, a Wamos Portugal detém marcas como TopAtlântico, Geostar, Sporski, Take Off, Mega Viagens e Loja de Cruzeiros. Integra também insígnias presentes noutros países, como é o caso da TA Turismo em Angola. No país vizinho, conta também com a companhia área Wamos Air, os operadores turísticos Wamos Tours e Wamos Circuitos e a rede de agências de viagens Nautalia.

«Temos a mesma visão de crescimento e de aposta no turismo em Portugal e Espanha, mercados que apresentam um enorme potencial de expansão e no qual estamos presentes em toda a cadeia de valor do sector», explica José Martins de Jesus, CEO da Wamos Portugal.

No ano passado, o Grupo Wamos facturou cerca de 1100 milhões de euros. A Wamos Portugal, por seu turno, deverá ter fechado 2018 com um volume de negócios de 440 milhões de euros.

«Vamos continuar a crescer a um ritmo constante com o objectivo de assegurar os resultados obtidos, um maior aproveitamento de economias de escala, o controlo de custos e a manutenção da rentabilidade», afirma Eduardo Montes, presidente executivo do Grupo Wamos. Em comunicado, acrescenta que o grupo está pronto para entrar em novos segmentos de negócio.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
7 formas para se voltar a apaixonar pelo seu trabalho
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo