Soares da Costa perdeu 8,2 milhões de euros no primeiro trimestre

Entre Janeiro e Março. a construtora Soares da Costa obteve um prejuízo de 8,2 milhões de euros, que compara com um lucro de 1,6 milhões de euros no mesmo período do ano passado.

O volume de negócios da Soares da Costa recuou 5,2% para 189,9 milhões de euros, sobretudo devido à “redução da actividade da construção no mercado nacional”, de acordo com o comunicado enviado hoje pela empresa à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). O mercado angolano gerou 43% do volume de negócios da empresa, ou 81,6 milhões de euros, enquanto o mercado português representou 30,2%, ou 57,4 milhões de euros, valor que reflecte uma quebra de 19,8% da actividade.

Já o EBITDA (resultados antes de juros, impostos, amortizações e depreciações) caiu 60,1% para 9,9 milhões de euros, quando no período homólogo do ano passado se tinha cifrado em 24,7 milhões de euro, enquanto a margem EBITDA situou-se nos 5,2%. Este resultado reflecte o impacto dos “gastos com rescisões de contratos (5,1 milhões de euros) e da alteração do modelo contabilístico da concessão da AE da Beira Interior – Scutvias (8,8 milhões de euros)”, lê-se no documento.

A dívida líquida da empresa situou-se em 863 milhões de euros no final de Março.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Novo Alpine A110S pronto para encomendar em Portugal