SMS podem (e devem!) esperar

Enviar uma SMS enquanto está ao volante pode ser fatal. Estudos provam que este simples gesto representa um perigo maior do que conduzir sob o efeito de álcool. Portanto, pense bem antes de se deixar tentar a dar “só uma olhadela”

Texto de Maria João Lima

Há dois anos, um documentário com 35 minutos era amplamente partilhado nas redes sociais. Denominado “From One Second To The Next”, com realização de Werner Herzog, estava inserido na campanha It Can Wait da AT&T. Uma campanha que, de forma nua e crua, mostra o que pode acontecer (e acontece) naqueles nanossegundos de distracção ao volante e de que forma as vidas dos intervenientes mudam a partir desse momento.

Dois anos volvidos, este Verão, em Portugal, praticamente em simultaneo, arrancaram duas campanhas de segurança rodoviária com especial enfoque no envio de SMS enquanto se está ao volante.

Para ler o artigo na íntegra, consulte a edição de Setembro de 2015 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
Está grávida? Veja o que deve (e não deve) fazer se for conduzir