Skin: «Sentimos a necessidade de celebrar a beleza de cada mulher ao vivo e a cores»

Dar vida a um projecto online e proporcionar uma experiência de beleza única foram os grandes objectivos da Skinbox, um evento pop-up da loja online de cosmética Skin.

Depois de ter feito do exterior do metro da Trindade, no Porto, a sua casa, entre 30 de Junho e 2 de Julho, a Skin instalou-se em Lisboa, no Parque das Nações, junto ao Centro Comercial Vasco da Gama, nos dias 7, 8 e 9 de Julho. Agora é tempo de balanços e de delinear os trabalhos para o futuro.

Acompanhe a conversa com Miguel Cardoso, E-Commerce Manager da Skin, que explica em que momento sentiram a necessidade de levar a marca e a sua mensagem mais perto das pessoas.

Equipa Skinbox Experience
Equipa Skinbox Experience

Quais os resultados da Skinbox no Porto e em Lisboa?

Tanto no Porto como em Lisboa procurámos centrar os nossos objectivos em três grandes pontos. Primeiro, levar a mais pessoas a mensagem de “Reveal Your Beauty” – uma mensagem de muito empowerment feminino, no qual procurámos enaltecer a aceitação, o amor-próprio e a desmistificação de preconceitos/estereótipos em relação aos padrões de beleza. Segundo, levar a marca cada vez mais para perto do público. Ou seja, perceber quais são as suas preocupações e necessidades. Por último, tornarmos a relação com a marca Skin mais forte tanto com o consumidor como com os nossos parceiros. Nos três pontos podemos dizer que o balanço foi positivo.

Que diferenças entre a receptividade desta presença física em Lisboa e no Porto?

Considerando a zona do Parque das Nações e o metro da Trindade podemos dizer que o número de pessoas impactadas na zona rondou as unidades de milhar. Dentro da Skinbox tivemos mais de 2500 pessoas que interagiram com a Skin. Em relação às cidades não sentimos diferença de receptividade, como somos uma loja online conseguimos chegar a qualquer parte do País e o nosso público-alvo não se encontra centralizado a uma localização.

Que impacto teve o evento físico nas novas visitas online?

Gostamos de olhar para as novas visitas online, não como números, mas sim como pessoas individuais que têm necessidades diferentes. Juntar o físico e o online teve impacto nisso, em estarmos perto de clientes e potenciais clientes e termos a oportunidade de os conhecermos melhor e evoluirmos no serviço que lhes entregamos.

Porque é que a Skin.pt sentiu necessidade de, sendo um negócio online, marcar presença física?

Após dois anos de pandemia e de um grande crescimento digital da Skin, sentimos que este foi o momento de levar a marca e a sua mensagem mais perto das pessoas. Diariamente abraçamos o manifesto #revealyourbeauty para dar a conhecer a verdadeira beleza, a beleza sem padrões! Este universo só faz sentido junto daqueles que nos são próximos e que nos inspiram a ser melhor todos os dias, a nossa comunidade. Assim, sentimos a necessidade de celebrar a beleza de cada mulher ao vivo e a cores num momento único. Para quem se identifica com este universo convidamos a juntar- se à nossa comunidade #Skinthusiast!

De que maneira esta acção ajudou a conhecer melhor as portuguesas e as dúvidas que têm?

Para quem acompanhou os dias do evento foi notório a quantidade de mulheres que tinham dúvidas sobre a sua pele / rotina / produtos de skincare. Ao longo dos anos, cada vez mais portuguesas procuram pelo mercado e foi interessante sentir que a essência de cada uma é tão diferente que é normal surgirem dúvidas e que não existe uma resposta para todas. O facto de termos um evento físico permitiu-nos ouvir, conversar, compreender melhor as suas necessidades e entregar um aconselhamento personalizado. Este tipo de aconselhamento aconteceu pela primeira vez de forma física no evento, contudo já há algum tempo na Skin que o temos online, de forma gratuita. Este chama-se My Skin Time no qual contamos com uma equipa de beauty experts que analisa em conjunto as questões e objectivos pretendidos de forma a organizar uma rotina individual e especializada.

Também houve homens a visitar o espaço? O que procuravam?

Cerca de 80% a 90% dos visitantes da Skinbox Experience foram do sexo feminino e são na maioria o decisor de compra. Tivemos algumas visitas de homens, e tal como as mulheres, com interesse em saber mais sobre as suas rotinas de skincare.

Porquê a presença com a box?

Pela primeira vez saímos à rua e não poderia ser de outra forma, tinha de ser com a nossa icónica Skinbox tão adorada pelas nossas clientes. Há 10 anos que este elemento faz parte da Skin e quem nos acompanha conhece das nossas campanhas (de forma regular temos campanhas com a Skinbox, nas quais oferecemos às nossas clientes uma box com produtos novidade e best sellers para experimentar). Este foi o ponto de partida na nossa inspiração, que se traduziu também no objectivo de diferenciar-nos e tornarmos este momento único com algo que faz parte do nosso ADN.

O evento teve sessões de aconselhamento de várias marcas de skincare, haircare e makeup. Como foram escolhidas as marcas a marcar presença?

Os nossos parceiros/as marcas são muito importantes para nós e diariamente trabalhamos com eles em colaboração. Podemos dizer que a definição de marcas esteve relacionada com a estratégia de cada uma, não descurando a “voz” das nossas clientes e os seus interesses na nossa loja.

Para além do aconselhamento, que ofertas estiveram previstas para os visitantes?

Durante estes seis dias, além do aconselhamento de rosto, corpo e cabelo, tivemos dinâmicas como Photobooth (no qual sentimos o interesse no público em guardar momentos e pessoas numa recordação – a fotografia) e Beauty Roullete (um jogo em formato de roleta com ofertas do mundo da beleza – quem não gosta de prémios?).

Estão previstas novas presenças físicas da marca a breve prazo?

Sim e a próxima está para breve! A Skin celebra 10 anos e com esta celebração trazemos muitas novidades. Para os mais interessados nas novidades aconselhamos a seguirem as nossas redes sociais @skin.pt pois vamos partilhar todos os detalhes em primeira mão.

À semelhança do que fizeram outros negócios que nasceram online, poderão vir a abrir um espaço físico permanente?

Não, há 10 anos que trabalhamos a Skin como um e-commerce de cosmética e neste momento não faz parte dos objectivos da marca abrir espaços físicos permanentes.

Texto de Maria João Lima

Ler Mais



loading...
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...