Sete apps portuguesas na shortlist de prémio da ONU

WSAM_rs

Foi divulgada a shortlist do concurso WSA-mobile, uma iniciativa mundial promovida pela ONU que visa premiar os conteúdos e aplicações móveis mais criativas, destacando-se Portugal com o país com mais apps nesta lista, com um total de sete.

O júri composto por 59 elementos avaliou cerca de 500 apps provenientes de 98 países, tendo seleccionado 202 que passaram à shortlist.

As sete aplicações portuguesas são a “Mobizy”, da TEKEVER (na categoria mBusiness & Commerce), uma plataforma de serviços empresariais desenhada para PME’s, a “Portal da Saúde iMed”, do Infarmed (m-Government & Participation), uma aplicação que permite aos utilizadores saber os preços dos medicamentos e identificar as alternativas mais baratas, a “Kiwaka”, da Landka, um jogo educacional desenvolvido em parceria com a Agência Espacial Europeia, a “Rota do Românico”, da InfoPortugal (m-Tourism & Culture), desenvolvida para a Associação de Municípios do Vale do Sousa, disponibiliza conteúdos organizados por proximidade e por rota, a “Expresso Diário”, da Impresa (m-Media & News), plataforma desenvolvida para o jornal diário digital, fornecendo o acesso a conteúdos jornalísticos exclusivos, a “Dador”, da Fundação Vodafone Portugal (m-Environment & Health), uma plataforma que apela à doação de sangue através da tecnologia e das redes sociais, e por último a “ColorAdd” (m-Inclusion & Empowerment), desenvolvida por Rui Seiça, Rui Cardoso e Marta Lisboa, uma aplicação que permite à população daltónica identificar as cores dos objetos através da câmara de um telemóvel.

A lista com 202 nomes seleccionados será reduzida a 40, os quais serão conhecidos em meados de Setembro. Os vencedores finais serão premiados entre 1 a 3 de Fevereiro, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

O Word Summit Award Mobile (WSA-mobile) realiza-se de dois em dois anos, alternadamente com o WSA (para e-conteúdos e aplicações). Ao longo das várias edições, destaque para a vitória portuguesa no ano passado com o projecto “True-Kare”, na categoria e-Health & Environment. Em 2012 as apps “Back in Time” na categoria m-Learning & Education e a “AlzNav” na categoria m-Inclusion & Empowerment saíram premiadas e em 2011 a ‘PORDATA’, a base de dados online da Fundação Francisco Manuel dos Santos, foi distinguida como um dos cinco melhores projectos mundiais na categoria e-Science &Technology.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão