SEAT e Vhils levam arte urbana a cinco cidades portuguesas

Porto, Lisboa, Aveiro, Braga e Carvoeiro são as cidades abrangidas pelo novo projecto da SEAT a favor da arte urbana em Portugal. A marca automóvel junta-se, uma vez mais a Alexandre Farto – mais conhecido como Vhils – para desafiar cinco artistas a assinar cinco peças em cinco cidades.

O projecto SEAT Art Cities – Curated by Vhils conta com a participação de Draw&Contra, AkaCorleone, André da Loba, Beckham e Tamara Alves, responsáveis por criarem as obras que serão desvendadas ao público entre Julho deste ano e Março de 2020.

Segundo a SEAT, trata-se de um projecto interactivo que incluirá também itinerários de arte urbana, percursos e pontos de interesse, alojamento e rotas que misturam informações culturais e de lazer. No fim, a expectativa é de que os portugueses tenham à disposição um mapa de valor turístico e social.

«Este projecto dará a conhecer não só os artistas e as suas criações como também as potencialidades e características únicas de cada uma das cidades. Será criada, desta forma, uma cartografia do melhor talento nacional da nova arte e vamos poder conhecer histórias sobre as cidades através dos olhos dos artistas locais», explica Vhils.

Teres Lameiras, directora de Marketing e Comunicação da SEAT Portugal, acrescenta que SEAT Art Cities – Curated by Vhils dá continuidade ao trabalho que a insígnia tem vindo a desenvolver neste campo. «A SEAT reafirma assim a sua presença no território da arte urbana, criando roteiros de interesse público e expandindo a promoção desta cultura em Portugal», conta a responsável.

Quem não conseguir esperar por Julho para conhecer o primeiro fruto, poderá acompanhar o preview que a SEAT está a preparar no âmbito da sua associação ao Nos Primavera Sound – marcado para entre 6 e 8 de Junho no Porto. Aqui, a SEAT irá juntar os cinco artistas convidados para desvendar um pouco da colaboração.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Airbus vai ter open day. Há 90 vagas para fábrica portuguesa
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift