Scopen apresenta novo modelo de concurso de agências

Há um novo modelo de concurso de agências, assente em workshops. Desenvolvido pela Scopen, apresenta-se como uma alternativa ao sistema convencional, oferecendo ao cliente a possibilidade de interagir com as várias agências participantes. Este modelo permite também testar a afinidade com as equipas que estarão na dinâmica do dia-a-da.

O processo já foi colocado à prova pela CUF, que deu início em Julho a um concurso para a selecção de agências para a área de Branding e Criatividade. Segundo a Scopen, a rede de hospitais e clínicas procurava uma agência que respondesse às suas necessidades em termos de continuidade do trabalho da marca, reforçando a presença já consolidada no mercado.

Numa primeira fase, a Scopen desenvolveu uma análise de mapeamento inicial das agências criativas e perfis. Depois, apresentou as credenciais das seis agências convidadas a participar. Mais tarde, foram seleccionadas as três finalistas, desafiadas a fazer parte de uma experiência simulada, com base em workshops. Bar Ogilvy – até ao momento a agência criativa da CUF –, BBDO e WundermanThompson participaram nesta última etapa, tendo a BBDO acabado por sair vencedora.

«Através dessa simulação do dia-a-dia, cliente e agência podem se conhecer melhor, para que ambos possam ver como trabalham juntos. Além disso, com esse novo modelo de concurso, a empresa pode tomar uma decisão muito melhor com base no conhecimento da cultura da agência e na decisão pelo melhor fit cultural», afirma Graziela Di Giorgi, CGO (Chief Growth Officer) da Scopen.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Produção de carros em outubro quase nos 15%