Samsung ultrapassa LG e vai produzir ecrã do novo iPad

the_new_ipadApesar das guerras travadas nos tribunais, a Apple continua a celebrar parceiras com a congénere Samsung para a obtenção de componentes electrónicos para os seus dispositivos. A empresa sul-coreana ganhou o concurso a concorrentes de peso como LG e Sharp, e vai fabricar em exclusivo os ecrãs do novo iPad, revelou hoje a analista de mercado IHS iSuppli.

De acordo com a iSuppli, a Samsung, que também fornece os chips presentes no iPhone e iPad, era, entre os candidatos, a fabricante que melhor satisfazia os padrões de qualidade da Apple. «As especificidades do ecrã do novo iPad são muito exigentes em termos de alta resolução», disse Vinita Jakhanwal, senior manager da iSuppli, citado pela agência Bloomberg. «Alcançar esta resolução de imagem sem comprometer o consumo de energia e o brilho, e manter os padrões de qualidade da Apple revelou-se, aparentemente, um desafio para a LG e Sharp», acrescenta.

Talvez isto explique o porquê de Apple e Samsung manterem uma estreita parceria no que toca ao fabrico de tablets e smartphones iOS, apesar das acusações mútuas e já habituais de uso indevido de patentes. Em Agosto passado, a empresa agora liderada por Tim Cook conseguiu, inclusive, suspender temporariamente as vendas do Galaxy Tab 10.1, o tablet da Samsung, na União Europeia.

O novo tablet da Apple, chamado simplesmente iPad, foi apresentado na semana passada. O dispositivo possui um ecrã de 9,7 polegadas com tecnologia Retina Display que o municia de 3,1 milhões de pixels, quatro vezes mais que o seu antecessor (o iPad 2), e uma saturação de cor 44% superior. De acordo com o comunicado emitido pela Apple, o novo ecrã é “tão denso que o olho humano não consegue distinguir pixels individuais a uma distância normal”.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Acompanha aqui o lançamento oficial do Sapo Prime, uma nova forma de comprar conteúdos jornalísticos
Automonitor
Europa: Vendas da Hyundai superam mercado