Sabe o que o Facebook pensa sobre si?

Cada utilizador do Facebook encontra no seu perfil e mural anúncios pensados exclusivamente para si. Isto porque a rede social está atenta a cada passo dado pelos utilizadores e tenta apresentar-lhes apenas anúncios que possam interessar.

Contudo, as sugestões parecem nem sempre fazer sentido. Para quem está curioso sobre aquilo que o Facebook julga saber sobre si – e perceber melhor a origem de alguns anúncios que surgem -, basta visitar esta secção da rede social. Aqui, o Facebook mostra aquilo que acredita serem as preferências de cada utilizador relativamente a temas como comida, moda, desportos, entretenimento, família, formação, hobbies, tecnologia e viagens.

O Facebook tenta até adivinhar a religião e partido político de cada utilizador com base nas páginas de que gostou. As conclusões são também construídas através de pesquisas realizadas e sites consultados fora do Facebook.

A página relativa às preferências está disponível para os utilizadores consultarem também para que os próprios possam editar aquilo de que gostam. Desta forma, os anúncios sugeridos poderão aproximar-se melhor daquilo que realmente interessa a cada um. Se o Facebook acha que gosta de chocolate mas, na verdade até é alérgico, basta eliminar essa alínea.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
7 formas para se voltar a apaixonar pelo seu trabalho
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo