RTP tem recursos humanos a mais

poiares maduro_2A garantia foi deixada hoje, na Assembleia da República, pelo ministro da tutela, Miguel Poiares Maduro. Ouvido na Comissão de Ética da AR, o ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional reforçou ainda a ideia de que pretende diminuir os quadros de pessoal da RTP e frisou mesmo que «a empresa tem mais recursos humanos em relação ao necessário para cumprir o serviço público».

Segundo o governante, é inaceitável que na empresa o peso dos recursos humanos seja superior ao da grelha. O que, no seu entender, é  inédito e não aceitável. «Os recursos humanos terão de diminuir, mas não será de forma a ter um impacto negativo no cumprimento do contrato de concessão», afirmou Poiares Maduro.

O ministro, que foi à AR apresentar as ideias do Governo para o futuro da RTP e da agência Lusa , deixou a garantia de que a RTP será dotada de «estabilidade financeira num formato plurianual», pelo que irá «ter o financiamento necessário para cumprir este contrato de concessão».

Para já, ficam por saber mais pormenores relativos ao modelo de financiamento, estando os detalhes «a ser discutidos com a administração».

Entretanto, e à semelhança do que a Marketeer tinha já noticiado a 13 de Setembro, Poiares Maduro voltou a lembrar que os gestores da RTP passarão a ser escolhidos por concurso público, sendo a sua escolha feita por uma entidade independente que o Governo pretende criar e que deverá assumir funções já no próximo ano.

O actual presidente, Alberto da Ponte, manter-se-á até final do mandato, em 2015, trabalhando em conjunto com a referida entidade. Esta irá ter também a função de acompanhar e fiscalizar o cumprimento das obrigações de serviço público, a qual está actualmente nas mãos da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC).

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Novo Alpine A110S pronto para encomendar em Portugal