RTP e Federação de Futebol vão partilhar arquivos e direitos

A RTP e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) chegaram a acordo para o desenvolvimento, promoção e partilha de conteúdos. A parceria, que vigorará até 2022, implica a partilha recíproca de arquivos bem como de direitos, meios e recursos, tendo em vista a criação de programas que retratem a história do futebol nacional.

Em comunicado, a RTP avança que entre as áreas que merecerão especial estão projectos de intervenção social e eSports. Além disso, outro dos objectivos da parceria é aumentar a visibilidade das Selecções Nacionais de Futebol junto das comunidades portugueses, reforçando o trabalho que a RTP já tem vindo a fazer através da transmissão de jogos via RTP Internacional e RTP África.

«Diria que este acordo representa a evolução natural entre duas instituições de interesse público que têm colaborado intensamente ao longo dos últimos anos e permitirá o acesso a mais conteúdos de desporto aos portugueses, que vivem dentro e fora do território nacional», comenta Gonçalo Reis, presidente da RTP.

Por seu turno, Fernando Gomes, presidente da FPF, sublinha como a parceria é importante para a estratégia de conteúdos. Recorde-se que a federação está a preparar o lançamento de um canal de televisão para o qual recrutou nomes como Nuno Santos e Carlos Daniel.

«A RTP é um parceiro natural da FPF, com quem mantemos relações de décadas e uma marca que se mistura com a história do futebol português», afirma Fernando Mendes, acrescentando que «esta é uma missão em que as duas instituições vão colaborar de forma regular e com benefícios mútuos».

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Acompanha aqui o lançamento oficial do Sapo Prime, uma nova forma de comprar conteúdos jornalísticos
Automonitor
Europa: Vendas da Hyundai superam mercado