Rock in Rio cria movimento de apoio à floresta

O Rock in Rio acredita que a floresta está na base da nossa vida e quer mostrar isso mesmo através do projecto “Está Tudo Conectado”. José Luís Peixoto, Nuno Gama, Vanessa Oliveira, Ricardo Carriço, Ana Galvão e Xutos & Pontapés são algumas das figuras públicas que aceitaram juntar-se ao movimento, dando a conhecer a forma como este recurso é essencial à suas actividades.

Também Agir, Carolina Deslandes e Diogo Piçarra fazem parte do projecto, tendo composto uma canção especialmente para esta causa. “Respirar” fala sobre a importância da floresta e poderá ser ouvida e comprada nas plataformas digitais habituais: as receitas dos primeiros seis meses reverterão, na íntegra, para o projecto da Liga para a Protecção da Natureza (LPN) e Forest Stewardship Council Portugal.

Ainda no campo da música, o Rock in Rio juntou-se à APC – Instrumentos Musicais e à Câmara Municipal de Braga para construir três guitarras clássicas a partir de madeira de árvores queimadas nos incêndios que aconteceram, no ano passado, em Esporões. As guitarras, bem como outros artigos doados e autografados por artistas do cartaz da edição deste ano do festival, ficarão disponíveis para leilão na plataforma online eSolidar. O valor angariado reverterá também para a LPN.

O movimento “Está Tudo Conectado” inclui também uma plataforma online que tem como missão sensibilizar e informar os portugueses. Aqui, estão agregados conteúdos sobre conservação e restauração florestal, campanhas e projecto em vigor. Também é possível submeter novos projectos de preservação.

Eugénio Sequeira, presidente da direcção nacional da LPN considera que a iniciativa permite criar uma ligação emocional entre cidadãos e floresta, mostrando que se trata de um conceito que inclui árvores mas também solo, água, matos, polinizadores, herbívoros e pessoas.

«Depois dos acontecimentos em Portugal, no Verão do ano passado, sentimos que tínhamos o dever de contribuir, de alguma forma, tanto na vertente da sensibilização como na vertente de acção, colectiva e individual. Percebemos que existe um distanciamento grande de muitas pessoas, e em especial das populações urbanas, em relação à importância da floresta», acrescenta Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio. Em comunicado, indica ainda que “Está Tudo Conectado” é uma forma de «relembrar que não só a nossa própria vida depende da floresta, como praticamente tudo o que mais gostamos de fazer vem, directamente, deste recurso. A floresta está em tudo na nossa vida, nos instrumentos musicais, no papel, nas nossas roupas, no ar que respiramos».

Foto de AgenciaZero.Net

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
7 formas para se voltar a apaixonar pelo seu trabalho
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo