RiR Lisboa acolhe Time Out Market

A edição deste ano do Rock in Rio-Lisboa contará com uma grande novidade ao nível da gastronomia: uma versão pop-up do Mercado da Ribeira. O novo espaço, que se irá designar Time Out Market Rock in Rio, terá um total de 14 restaurantes e capacidade para 380 lugares sentados.

No Time Out Market Rock in Rio, estarão representandos quatro chefs que marcam presença no Mercado da Ribeira, nomeadamente Alexandre Silva, Henrique Sá Pessoa, Marlene Vieira e Vítor Sobral. Os visitantes da Cidade do Rock poderão ainda provar os pratos d’O Prego da Peixaria, Sea Me, Asian Lab e Manteigaria – Fábrica de Pastéis de Nata. Por confirmar ficam, portanto, quatro espaços de restauração.

A Super Bock, patrocinadora comum do Time Out Market e do Rock in Rio, estará também presente no espaço, com um bar onde irá disponibilizar a gama Selecção 1927. Já a marca de electrodomésticos Teka associou-se, pela primeira vez, ao Rock in Rio, e irá equipar todos os espaços de cozinha, para além de contar com um espaço de showcooking, no qual irão decorrer acções de demonstração com chefs convidados.

No ano passado, na edição no Rio de Janeiro, o Rock in Rio já tinha contado com um espaço gastronómico inspirado no mercado lisboeta, com cozinha de autor, a Gourmet Square, que terá servido para comprovar o conceito. Desta feita, no Parque da Bela Vista, o espaço contará mesmo com a chancela da Time Out. O objectivo do novo espaço passa por replicar o conceito e a experiência gastronómica do Time Out Market, pelo que não será um food hall tradicional. O espaço será climatizado e terá controlo de acesso, para evitar a sobrelotação do mesmo.

«Depois da experiência de sucesso no Brasil, vamos dar um salto quântico e fazer o primeiro Time Out Market pop-up dentro do Rock in Rio. Esta é uma parceria entre dois gigantes e que será, sem dúvida, uma das principais atracções da nova edição», sublinhou esta manhã Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio.

Para o Time Out Market, que contou com 3,6 milhões de visitantes no ano passado e que tem pretensões de internacionalizar o conceito, este será também um desafio. «Com esta versão pop-up, queremos tornar este conceito ainda mais informal, mais criativo, mas com a mesma qualidade. Esse será o grande desafio. Acreditamos que será possível manter a qualidade porque temos chefs e restaurantes mais do que capazes de consegui-lo. Este é um projecto inovador, ligeiramente diferente do Mercado», explicou João Cepeda, presidente e director criativo do Time Out Market.

Para além do Time Out Market Rock in Rio, a 8.ª edição do Rock in Rio-Lisboa terá outras novidades que reforçam a ligação do festival a outras áreas, para além da música. O evento irá contar com um Pop District, um espaço dedicado à cultura pop; o Super Bock Digital Stage, alocado aos fenómenos digitais, e que irá contar com youtubers convidados; e a EDP Rock Street, que este ano irá dar destaque à música africana.

As novidades estendem-se ainda à data e ao horário do evento. Este ano, o Rock in Rio irá realizar-se um pouco mais tarde do que tem sido habitual, estando marcado para os dias 23, 24, 29 e 30 de Junho, e irá estar aberto desde as 12h às 2h.

Texto de Daniel Almeida

Fotografias de Agência Zero

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Primeiro Porsche 911: Uma obra-prima alemã