RFM dá passo atrás na corrida pela liderança

Se na primeira vaga do Bareme Rádio da Marktest deste ano, a RFM ficava a apenas uma décima de distância da Rádio Comercial, agora o cenário é outro. A Comercial conseguiu subir a Audiência Acumulada de Véspera (AAV) de 16% no início do ano para 16,8% na segunda vaga do Bareme Rádio. Já a RFM, desceu de 15,9% para 15,3%, afastando-se do primeiro lugar.

Em terceiro lugar, está a Rádio Renascença com 5,7% de AAV, seguida pela Antena 1 (5.5%), M80 (4,4%) e TSF (3%). Em termos de grupo, o r/com, a que pertence a RFM, vence com 23,8% de AAV, à frente do Grupo Media Capital, que detém a Comercial, com 23,3% nesta segunda vaga.

Quando falamos de share de audiência, é também vencedor o Grupo r/com (36%) e a Rádio Comercial no que diz respeito a resultados individuais (24,8%). A RFM fica-se pelo 22,8% neste parâmetro e a Media Capital pelos 35,8%. O share de audiência é determinado através da percentagem de tempo despendido por um conjunto de indivíduos na escuta de uma estação relativamente ao tempo total de audição de rádio.

Resta conhecer os resultados em termos de reach semanal, referente ao número de pessoas que escutou uma estação, no período de uma semana, independentemente do tempo despendido. A RFM vencia neste campo na primeira vaga do ano mas agora é a vez da Rádio Comercial que registou 32,6%. A RFM alcançou os 32%. Em termos de grupo, o r/com ficou à frente com 47,2%, seguido pela Media Capital com 43,6%.

Pedro Ribeiro, director da Rádio Comercial, sublinha que o resultado «demonstra a importância do trabalho que tem vindo a ser feito por toda a equipa e a grande confiança que os ouvintes depositam» na estação.

Nas rádios pensadas para públicos mais jovens, o primeiro lugar é da Cidade com 2,7% de AAV. A Mega Hits vem logo atrás com 2,6%. A Cidade vence também em reach de audiência (3,3%) e em reach semanal (8,1%). A Mega Hits garantiu 2,7% e 6,9%, respectivamente.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Conselhos para conduzir à chuva