Restaurant Week: jantares de luxo por 20 euros

Arranca já na próxima quinta-feira, dia 7, mais uma edição da Restaurant Week. A iniciativa promovida pelo portal TheFork oferece a oportunidade de almoçar ou jantar em restaurantes de luxo por um preço fixo de 20 euros – cada restaurante parceiro cria um menu especial. Sérgio Siqueira, country manager do TheFork, conta à Marketeer que o conceito se tem mantido igual de ano para ano, mas que tentam sempre que haja novidades ao nível dos restaurante envolvidos, expansão geográfica do evento e instituições de solidariedade associadas.

«O nosso objectivo é a democratização ao acesso a restaurantes. Neste evento, participam restaurantes com um ticket médio elevado e que vão oferecer menus com valor superior ao que será pago», sublinha o responsável. Até 17 de Março, vai ser possível provar, por um preço mais acessível, receitas vindas directamente das cozinhas de chefs como Joachim Koerper (Eleven), Tiago Bonito (Largo do Paço) e Daniel Schlaipfer (Adlib).

Ao todo, a nova edição da Restaurant Week abrange 17 cidades de oito distritos, num total de mais de 100 restaurantes, alguns deles com estrelas Michelin – neste caso, os menus sobem para 40 euros. Este ano, cada menu consumido será sinónimo de um donativo de um euro, a ser repartido pela Fundação Osório de Castro e a associação Crescer Ser.

«No ano passado, doámos cerca de 26 mil euros às associações que apoiámos e esse resultado tem para nós um significado muito positivo, quando avaliamos o sucesso do evento», sublinha Sérgio Siqueira, acrescentando que o número de reservas tem sido superado a cada edição. «Acima de tudo, o que queremos é que cada vez mais clientes descubram e desfrutem dos melhores restaurantes da sua cidade, ao melhor preço, contribuindo ainda para uma causa nobre», continua.

Quanto aos restaurantes que participam na Restaurant Week, Sérgio Siqueira indica apenas que existem opções para diferentes gostos, com posicionamento e propostas gastronómicas distintas: «O nosso critério vai, acima de tudo, para o prestígio que têm no sector da ‘haute cuisine’, a qualidade da oferta dos menus e a resposta que poderão dar às preferência da nossa audiência.»

O country manager adianta ainda que o impacto do evento na facturação e número de utilizadores do TheFork é muito residual. O principal retorno reside na vertente solidária da iniciativa.

Texto de Filipa Almeida

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)