Reorganização na GCI dá origem a duas consultoras

A GCI anunciou uma reorganização da sua estrutura, que dá origem a duas consultoras com estruturas accionistas separadas e serviços diferenciados.

A Sustainable Society Initiative, empresa criada pela GCI em Junho do ano passado, focada na área da sustentabilidade, abre, assim, capital e passa a ser detida por novos accionistas.

Já a GCI, fundada por José Manuel Costa, passa a ser detida por Bruno Batista, que detém a WMK, uma agência que actua nas áreas do design, activação de marca, eventos e arquitectura.

José Manuel Costa, que ocupava o cargo de presidente da GCI, irá acompanhar a reestruturação e o desenvolvimento das duas organizações nos próximos anos, assumindo as novas funções enquanto Corporate Advisor da GCI, mantendo-se como chairman da Sustainable Society Initiative.

Em comunicado, a GCI explica que esta aquisição permite completar o portfolio de serviços da agência.

«Assistimos a uma profunda mudança na sociedade, a grandes desafios que envolvem as empresas e todos nós enquanto cidadãos, e este posicionamento reflecte essa mudança. Este novo ciclo trará um novo impulso para a Comunicação das empresas e reflecte uma evolução não só do percurso da agência como do meu percurso pessoal, optando por maior proximidade junto dos clientes, enquanto consultor estratégico», explica José Manuel Costa.

Os colaboradores da GCI passam a ficar integrados nas duas consultoras, que mantêm os seus escritórios em Lisboa.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo