Renault reforça critérios de selecção de modelos ecológicos

renault_eco2Quatro anos após o lançamento da sua assinatura ambiental eco2 a Renault decidiu reforçar os critérios para a selecção dos modelos mais ecológicos da Renault e da Dacia. Esta estratégia, a par do compromisso da fabricante francesa em criar uma gama completa de quatro veículos eléctricos, é um reflexo dos seus esforços em reduzir o impacto ambiental de cada automóvel ao longo do seu ciclo de vida. Assim, e a partir de agora, para receber a assinatura eco2 os modelos Renault terão de ser produzidos numa fábrica com certificação ISO 14001 (sem modificação), emitir menos de 120g CO2 / km (em vez de 140 g) e integrar uma quantidade de plástico oriundo de reciclagem superior a 7 % da sua massa total de plástico (em vez de 5 %), bem como serem valorizáveis em 95 % da sua massa total no final de vida.

Emblema da política ambiental é o modelo Twingo dCi, no qual as emissões de CO2 em utilização passaram de 104 a 90 g/km, em dois anos (uma redução superior a 13%).

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta ferramenta promete vir revolucionar a Segurança e Saúde no Trabalho
Automonitor
AUTOBEST 2020: Novo Opel Corsa é um dos finalista