Renato Sanches participa na “Maior Jogada do Mundo”

A Sport Zone e a adidas juntaram-se para criar “A Maior Jogada do Mundo”, uma campanha solidária que tem como objectivo reabilitar e equipar espaços desportivos de três instituições. Renato Sanches é o primeiro a dar a cara pelo movimento, depois de ter sido convocado para o Euro 2016.

Mas “A Maior Jogada do Mundo” precisa da participação de todos. A ideia é que cada pessoa crie um pequeno vídeo, com o máximo de 10 segundos, no qual receba e domine uma bola de futebol e acabe por passá-la para o seu lado esquerdo. A Sport Zone a e adidas vão, depois, editar todos os vídeos sequencialmente para que seja construído um só vídeo em que todos os participantes passam a bola em contínuo.

A iniciativa termina a 9 de Junho. Até lá, os interessados devem fazer o upload do vídeo aqui. Os prémios entregues às três instituições vão depender do número de inscrições. Assim que forem atingidas as 500 participações, as duas marcas vão entregar bolas de futebol. Às 1000, é a vez de coletes e redes para balizas. Às 1500 participações, serão realizadas obras de recuperação dos campos, incluindo pintura de linhas e arranjo do piso.

Centro Social de Soutelo (Gondomar), Casa da Criança de Santo António (Figueira da Foz) e Associação CRIVA (Vale da Amoreira, Moita) são as três instituições a beneficiar d”A Maior Jogada do Mundo”.

Existem ainda três prémios para os participantes. O Prémio Fairplay consiste na oferta de um vale de 10% de desconto em cartão em artigos da marcas adidas Futebol a quem submeter um vídeo válido. O Prémio Homem do Jogo, uma bola oficial adidas, será entregue ao vídeo diário que receber mais votos.

Resta o Prémio Campeão Europeu, que vai oferecer uma viagem a França e um bilhete duplo para assistir ao jogo Portugal – Hungria, marcado para 22 de Junho no Estádio de Gerlan, em Lyon. O vencedor deste prémio será quem tiver efectuado o melhor passe.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estes 10 benefícios vão ser os mais desejados pelos colaboradores em 2020
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio