REN quer fomentar criação de emprego

Agir_2A REN – Redes Energéticas Nacionais, em parceira com a Bolsa de Valores Sociais (BVS), apresentou hoje a sua mais recente iniciativa na área da responsabilidade social corporativa, o Prémio Agir, que visa financiar projectos que dêem resposta a problemas sociais. Neste primeiro ano, poderão candidatar-se projectos de apoio à criação de emprego.

O prémio anual dirige-se a associações, empresas e organizações com fins não lucrativos. As candidaturas já estão abertas no site da BVS e prolongam-se até ao próximo dia 6 de Março, sendo que serão privilegiados projectos que fomentem a criação de emprego junto de diferentes faixas etárias, e apenas no território português.

Ao todo, serão distinguidos três projectos, os quais receberão um prémio monetário de 30.000 euros (1º lugar), 15.000 euros (2º lugar) e 5.000 euros (3º lugar). Além disso, as três organizações vencedoras serão cotadas na Bolsa de Valores Sociais durante um ano, podendo captar investimento adicional.

Cada organização poderá submeter vários projectos a concurso, mas apenas um poderá ser eleito. Os projectos pré-seleccionados receberão uma visita dos profissionais técnicos da BVS, que farão os relatórios técnicos sobre a viabilidade dos mesmos, os quais servirão depois de base à decisão do júri, composto por membros da REN.

Os projectos vencedores serão anunciados no mês de Maio e obrigados a apresentar um plano de investimento, assim como relatórios trimestrais que demonstrem de que forma está a ser aplicado o capital e com que resultados concretos. «Este acompanhamento e aconselhamento é uma mais-valia para as instituições, pois permitirá ajudá-las a conseguir projectos que, de facto, têm impacto na comunidade envolvente», assegurou Margarida Ferreirinha, directora de Comunicação da REN, na apresentação do Prémio Agir, que decorreu esta manhã em Lisboa.

«Sentimos necessidade de ter uma iniciativa diferenciadora. A REN é uma empresa de estabelecimento de redes, e o objectivo [do Prémio Agir] é este mesmo: permitir que estas organizaões criem as suas próprias redes de apoio», sublinhou a responsável.

O novo projecto está a ser divulgado através de uma campanha que arranca hoje em rádio, imprensa e online. A campanha conta com a criatividade da Winicio, direcção criativa de Pedro Magalhães e Miguel Paté, realização de Gonçalo Paixão e produção e som da Zoe Films.

O regulamento do Prémio Agir pode ser consultado no site da BVS.

Veja aqui a campanha do Prémio Agir:

Texto de Daniel Almeida

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Acompanha aqui o lançamento oficial do Sapo Prime, uma nova forma de comprar conteúdos jornalísticos
Automonitor
Europa: Vendas da Hyundai superam mercado