Relacional soma pontos na banca

Se no passado falar para grandes audiências e usar estratégias de notoriedade abrangente para todos os públicos era o caminho, hoje a banca está a dar um passo atrás e a apostar nas relações de proximidade com os seus clientes.

Texto de Maria João Lima

Foto de Nuno Carrancho

Proximidade e experiência. Estas parecem ser as chaves para a relação da banca e dos seus clientes. O preço é um factor incontornável no momento da escolha, mas a emoção e a relação que se têm também. Por isso é que cada vez mais as marcas estão a trabalhar a experiência, o contacto, a personalização.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Julho de 2018 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)