Receitas publicitárias dinamizam lucros da Google

google_2No quarto trimestre de 2013, a Google registou um resultado líquido de 3,38 mil milhões de dólares (cerca de 2,49 mil milhões de euros), o que representa um aumento de 17% em relação ao período homólogo do ano passado. Os resultados foram alavancados pela subida dos proveitos publicitários.

Entre Outubro e Dezembro, as receitas da gigante tecnológica cresceram 17% para 16,86 mil milhões de dólares (12,44 mil milhões de euros). Na área de publicidade, os preços caíram cerca de 11% nos últimos três meses do ano, o que compara com a quebra de 8% no trimestre anterior. No entanto, o volume de cliques pagos aumentou 31%, contra um ganho de 26% no trimestre anterior, anunciou a companhia em comunicado.

«O facto de os preços estarem a descer tanto significa que a Google ainda tem muito trabalho pela frente no mobile», afirma Colibn Gillis, analista da BCG Partners LC, citado pela agência Bloomberg.

Porém, de acordo com os dados da analista de mercado eMarketer, a companhia liderada por Larry Page deverá continuar a liderar o mercado publicitário online nos EUA em 2014, chegando ao final do ano com uma quota de 41%. Em segundo lugar nas estimativas da eMarketer surge o Facebook, que deverá absorver 8,2% das receitas publicitárias.

Ainda segundo os dados da eMarketer, apesar de a Google estar a fazer menos dinheiro nos dispositivos móveis do que no segmento desktop, conseguiu atrair investimento por parte das empresas da área do retalho, que ajudaram a aumentar em 15% as vendas online, para 61,8 mil milhões de dólares (45,6 mil milhões de euros).

No período em análise, os custos operacionais da Google subiram 14%, para 5,5 mil milhões de dólares (4 mil milhões de euros).

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?