Receitas de publicidade da Cofina caem 5,9%

A Cofina fechou o ano passado com receitas operacionais na ordem dos 91 milhões de euros, menos 8,9% do que em 2016. As receitas de publicidade caíram 5,9% para 31 milhões de euros, tal como as receitas de circulação que também recuaram 10,4% para cerca de 45,8 milhões de euros.

A categoria de produtos de marketing alternativo e outros também não teve um bom ano, registando uma quebra de 10,3% (14 milhões de euros). Por segmentos, verificam-se descidas de 6,3 e 21,1% nos jornais e revistas, respectivamente.

Olhando para o resultado líquido, porém, a Cofina apresenta um salto de 16,9%, tendo alcançado os cinco milhões de euros, em 2017.

Em comunicado, o grupo avança que continuará a “aprofundar o investimento em áreas de negócio de crescimento com potencial de sinergias com os negócios existentes”. Exemplo disso é a entrada nas apostas desportivas, através da plataforma online A Nossa Aposta.

Recorde-se que a Cofina detém títulos como Correio da Manhã, Jornal de Negócios, Record, Sábado e TV Guia.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Tem dificuldade em encontrar espaços para conferências? Há salas renovadas em Lisboa.
Automonitor
Volvo quer impacto climático neutro em 2040