Receita publicitária da Alphabet subiu 13%

No terceiro trimestre, os resultados da Alphabet apontam para receitas publicitárias no valor de cerca de 15,1 mil milhões de euros (16,8 mil milhões de dólares), o que representa um crescimento de 13%  face ao mesmo período de 2014. Já do segundo para o terceiro trimestre deste ano, registou-se uma subida de 5%.

Os valores da Alphabet foram especialmente positivos também ao nível do alcance e número de utilizadores, tendo ultrapassado as expectativas. Apresentada ao público em Agosto, a nova empresa-mãe da Google conta com outros cinco produtos: o YouTube, o Android, o Google Maps, o Google Play e o Google Chrome. Todos eles têm já mais de mil milhões de utilizadores globalmente, segundo os dados apresentados esta semana. No que diz respeito ao total das receitas, o portefólio da nova empresa valeu aproximadamente 16,8 mil milhões de euros (18,7 mil milhões de dólares).

Ruth Porat, CFO da Google e também da Alphabet, afirma, em comunicado, que os resultados do terceiro trimestre demonstram a força dos negócios da empresa, especialmente nas buscas mobile. Pela primeira vez, o tráfego mobile superou o tráfego em desktop.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estes 10 benefícios vão ser os mais desejados pelos colaboradores em 2020
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio