Réccua é vinho do Porto só para cocktails

Diogo Cunha e Gonçalo Bettencourt, jovens empresários do Norte do País juntaram-se para criar uma marca de vinho do Porto exclusiva para consumo em cocktails. O resultado é uma parceria com a Réccua Vinhos, posta à prova este Verão.

Foi preciso um ano de testes para chegar ao produto final, uma gama de cinco vinhos com base nas bebidas que empresa-mãe produz. As opções Dry, Rosé, Ruby, 10 e Muscat foram desenvolvidas para utilização somente em cocktails de modo a “romper com a actual forma de consumir este néctar mundialmente reconhecido”, como é explicado pela marca.

O objectivo é também chegar a públicos mais jovens, conta Diogo Cunha em comunicado. É neste sentido também que o engenheiro Paulo Osório, administrador da Porto Réccua Vinhos, explica que o vinho do Porto «não pode ficar parado no tempo». «Temos de ser capazes de o renovar, de o tornar contemporâneo sem perder as suas raízes», conclui.

As novidades Réccua vão estar disponíveis, a partir de Julho, em centenas de bares e restaurantes de Portugal e ainda em venda on-line com um site criado de raiz, garantem os responsáveis.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Os 10 Ferrari em exemplar único no Mundo