Quer passear o cão do vizinho? Pode ganhar cerca de 450 euros extra por mês

A plataforma Fixando registou um crescimento de 52% na procura por serviços de pet sitting, no passado mês de Junho. Em Julho, a subida chegou aos 40%, face ao mês anterior. Porém, mais de 80% dos donos de animais de estimação ficou sem resposta, revelando que não existirá oferta suficiente.

Lisboa (28%), Porto (18%) e Setúbal (12%) são os distritos do País com mais pedidos de serviços de pet sitting, numa altura em que muitos portugueses partem de férias e precisam de um local onde deixar os seus cães e gatos.

«Actualmente, temos mais de 2500 pedidos mensais nesta área e um valor potencial de mercado, só no mês de Julho, a atingir os 225.000 euros. Uma pessoa que passeie ou tome conta de animais menos de 1 hora por dia consegue ganhar um extra de cerca de 450 euros por mês», indica Alice Nunes, directora de Novos Negócios da Fixando.

De acordo com a responsável, estes sempre foram serviços mais procurados no Verão, mas a pandemia e o aumento do número de adopções de animais fizeram com que a necessidade se intensificasse.

Para ajudar a colmatar a falta de serviços de pet sitting, a Fixando tem a decorrer uma campanha online, durante a primeira quinzena de Agosto, com o objectivo de angariar pessoas disponíveis para tomar conta de animais.

«Este é um mercado em que qualquer pessoa com um pouco de disponibilidade e que goste de animais pode entrar. Com 30 minutos do seu tempo, uma pessoa pode alimentar e passear um animal na sua área de residência. Está a ganhar dinheiro com isso e está a ajudar um animal de estimação e os seus donos», acrescenta Alice Nunes. A Fixando prevê angariar mais de mil pet sitters em diferentes pontos de Portugal ao final de Verão.

Ler Mais



loading...
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...