Quem poupa mais, homens ou mulheres?

A principal preocupação para 43% dos homens portugueses é aproveitar a vida. Já 40% das mulheres está preocupada em garantir poupanças para o futuro, levando a GfK a afirmar que as mulheres pensam mais em poupar do que os homens. A conclusão parte de um estudo realizado em 23 países e que revela que Portugal está ligeiramente acima da média global no que respeita este tema.

“Quero aproveitar a vida hoje e preocupar-me com poupanças e investimentos mais tarde” foi a frase que serviu de base ao estudo, tendo os inquiridos sido questionados sobre o grau de concordância com a mesma. A nível global, os jovens entre os 20 e os 29 anos são os que mais peso atribuem à diversão, face as restantes faixas etárias: 41% concorda com a diversão no momento e remete para mais tarde as preocupações com poupanças.

Na segunda posição, estão os adolescentes entre os 15 e os 19 anos e os adultos entre os 30 e os 39 anos (37% e 36%, respectivamente). Depois dos 50 anos, cerca de um quarto dos entrevistados concorda com a máxima “viver hoje”.

Hong Kong é o único país onde mais de metade da população parece preocupar-se com a poupança no imediato.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Acompanha aqui o lançamento oficial do Sapo Prime, uma nova forma de comprar conteúdos jornalísticos
Automonitor
Europa: Vendas da Hyundai superam mercado