Quase metade dos portugueses reprova comunicação do Governo sobre Saúde

min-saudeDe acordo com os dados do barómetro “Os portugueses e a Saúde”, desenvolvido pela empresa Spirituc Investigação Aplicada, cerca de 48,3% dos portugueses considera que a comunicação do Governo sobre temas de saúde é “má ou muito má”.

Para além da comunicação do ministério liderado por Paulo Macedo, o barómetro bianual BOP Health – “Os Portugueses e a Saúde”, desenvolvido em parceira com a consultora de comunicação Guess What PR e a agência MPG|MC, revela ainda a imagem que os portugueses têm da indústria farmacêutica. Segundo a investigação, que resulta de um conjunto de inquéritos telefónicos a 618 cidadãos, mais de um terço dos portugueses considera que “os laboratórios farmacêuticos se preocupam, essencialmente, com os seus interesses” e mais de um quarto defende que “o seu desempenho em pouco, ou nada, contribui para a melhoria dos cuidados de saúde em Portugal”.

Os resultados indicam também que cerca de 50% dos portugueses considera que “a marca do medicamento tem uma importância irrelevante na escolha do tratamento e que a televisão continua a ser o principal formador da opinião que os portugueses têm sobre os laboratórios farmacêuticos”. O estudo da Spirituc Investigação Aplicada conclui ainda que a internet já é para os portugueses a segunda fonte de informação sobre temas de Saúde, a seguir ao médico e à frente dos farmacêuticos.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estes 10 benefícios vão ser os mais desejados pelos colaboradores em 2020
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio