Quando começam os portugueses a preparar o Natal?

A cerca de três meses do Natal, 7% dos portugueses já pensa nesta época e começa a comprar alguns presentes ou artigos necessários. Há ainda quem comece em Outubro (8%), quem prefira esperar por Novembro (33%) ou Dezembro (30%) para começar a tratar do assunto, segundo aponta um estudo elaborado pela Fly Research para a Mastercard.

De acordo com a análise, que decorreu em Agosto deste ano e abrangeu mais de 9500 adultos de 18 países europeus – incluindo Portugal –, 44% dos portugueses afirma fazer as suas compras de Natal com antecedência para poupar dinheiro. Além disso, 40% diz querer garantir que aquilo que pretendem não esgota. Por fim, 55% quer aproveitar as oportunidades que surgem nesta altura, nomeadamente a Black Friday: 40% já elegeu este dia como aquele em que farão a maioria das compras de Natal. Este ano, a Black Friday calha a 29 de Novembro.

Quanto ao valor que ponderam gastar, em média, o estudo aponta para os cerca de 540 euros. Viagens (43%), bilhetes para espectáculos (37%), dias em SPAs, (35%), bilhetes de cinema (23%) roupa (17%) e telefones (12%). Dão os presentes que mais tencionam comprar.

“De salientar que o estudo da Mastercard revela uma clara tendência de aumento na compra de experiências como viagens, bilhetes para concertos e jogos de futebol, dias de spa ou jantares com estrelas Michelin”, sublinha a empresa.

Os presentes mais difíceis de comprar são para o marido ou para a mulher (38,9%), para os filhos (30,3%), para a mãe (27,3%) ou para o pai (23,6%). Há também quem tenha dificuldades em comprar uma prenda para a sogra (10%).

Paulo Raposo, director-geral da Mastercard em Portugal, justifica as compras com antecedência com a predilecção por experiências, que podem ser planeados mais cedo. Segundo o mesmo responsável, a «forma como compramos mudou e pelo facto de um número crescente de pessoas comprarem através dos seus smartphones e tablets, verifica-se que o próprio dia de Natal se está a tornar um momento propício a compras. É por isso que a Mastercard está constantemente a inovar para tornar a experiência de compra online mais simples, directa e segura».

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Câmara de Lisboa vai contratar mais de 500 pessoas em diversas áreas
Automonitor
OK! teleseguros no Salão Automóvel Híbrido e Elétrico do Porto