Primeiro a etapa, depois a sede

A Doca de Pedrouços, em Lisboa, volta a receber a Volvo Ocean Race, a mais longa competição desportiva do mundo. José Pedro Amaral, director do evento de vela em Portugal, refere que a presença da capital portuguesa é lógica. Por isso tem como ambição tornar o País sede da competição, a partir de 2018

Texto de Rafael Paiva Reis

Fotos de Pedro Simões

Dois anos, 220 mil espectadores e um impacto económico de 30 milhões de euros depois, a Volvo Ocean Race regressa a Portugal. De 25 de Maio até 7 de Junho, a maior competição de vela do mundo estará 14 dias na Doca de Pedrouços, em Lisboa, onde são esperados 500 mil espectadores. José Pedro Amaral, stopover director da Volvo Ocean Race Lisbon, pretende fazer desta paragem a maior e a melhor de toda a competição. Para elevar Lisboa a melhor stopover da Volvo Ocean Race.

Para ler o artigo na íntegra, consulte a edição de Maio de 2015 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo