Prémios Mesa Marcada revelam os melhores chefs e restaurantes

João Rodrigues, chef do restaurante Feitoria no Altis Belém, é o grande vencedor da mais recente edição dos Prémios Mesa Marcada. Conquistou o primeiro lugar nas duas principais categorias: “Restaurante” e “Chefe”. É a terceira vez consecutiva que João Rodrigues é distinguido.

António Galapito, por seu turno, foi reconhecido com o Prémio Especial Makro Chefe do Ano e com o Prémio Especial Estrella Damm Destaque do Ano. O chef do restaurante Prado alcançou também o sexto lugar do Top 10 dos chefs preferidos do mercado português.

A Taberna Sal Grosso ganhou o Prémio Especial Bom Sucesso “Mesa Diária” e o Epur o Prémio Especial Graham’s Restaurante Novo do Ano. Por fim, O Lugar do Olhar Feliz, projecto de produção de citrinos do casal Jean-Paul e Ann Brigand no Alentejo, venceu o Prémio Maria José Macedo – Produtor/Fornecedor do Ano.

Além dos prémios atribuídos através de votos, a competição atribuiu alguns galardões especiais. É o caso do Prémio 10 Anos Mesa Marcada, entregue ao chef que mais vezes ficou em primeiro lugar: José Avillez. O Prémio Especial Cutipol Carreira foi para Dieter Koschina (Vila Joya) e o Prémio Especial Delta Chefe Pasteleiro do Ano para Joaquim Sousa (Ladurée/JNcQuoi).

Top 10 – Restaurantes 2018

1.º – Feitoria

2.º – Ocean

3.º – Belcanto

4.º – Alma

5.º – Prado

6.º – Euskalduna Studio

7.º – Loco

8.º – The Yeatman

9.º – Epur

  1. º – Vila Joya

 

Top 10 – Chefes 2018

1.º – João Rodrigues (Feitoria / Altis Belém)

2.º – José Avillez (Belcanto)

3.º – Henrique Sá Pessoa (Alma)

4.º – Hans Neuner (Ocean)

5.º – Vasco Coelho Santos (Euskalduna)

6.º – António Galapito (Prado)

7.º – Alexandre Silva (Loco)

8.º – Leonel Pereira (São Gabriel)

9.º – Dieter Koschina (Vila Joya)

  1. º – Ricardo Costa (The Yeatman)
Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
7 formas para se voltar a apaixonar pelo seu trabalho
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo