Portugueses são os que menos utilizam o smartphone para compras

ibopemovel_2De acordo com um estudo divulgado pelo Observador Cetelem, os portugueses são, na Europa, os que menos recorrem aos dispositivos móveis para realizar compras. Segundo o inquérito, 88% dos portugueses não utiliza o smarpthone ou o tablet para fazer compras e 93% não os usa como modo de pagamento.

O estudo conclui, porém, que a internet móvel “terá o seu papel nos novos modos de compra”. “Enquanto as compras de m-commerce (e-commerce móvel) rondam actualmente os 17%, espera-se que num futuro próximo cheguem aos 33%. Ou seja, mais de um terço dos consu­midores não terá necessidade de estar à frente do ecrã do computa­dor para fazer as suas encomendas, poderão fazê-lo em qualquer lugar, tal como nos transportes públicos ou em casa dos amigos”, lê-se no estudo.

Entre os inquiridos, 35% admitiu que poderá vir a recorrer a este tipo de dispositivo para comprar e 33% poderá vir a usá-lo para liquidar aquisições. “Apesar do número de consumidores que pretendem aderir a esta nova forma de consumo, esta é uma prática que permanece com algumas limitações, não por falta de vontade, mas por uma oferta de serviço deficiente”, sublinha o Observador Cetelem.

O estudo resulta de inquéritos a mais de 6500 pessoas (pelo menos 500 indivíduos por país, com idade superior a 18 anos) através da internet, em 12 países europeus: Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Hungria, Itália, Polónia, Portugal, República Checa, Roménia, Reino Unido e Eslováquia

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Desafio Global reforça equipa
Automonitor
Foi mandado parar numa operação STOP? conheça os seus direitos e deveres