Portugal Sou Eu estreia campanha

Imprensas_finais-02_2Sob o mote “Faço do meu país o melhor para mim”, arranca hoje a primeira campanha do programa “Portugal Sou Eu”, que se prolonga até ao final do mês.

A campanha visa dar a conhecer o programa governamental “Portugal Sou Eu”, focando-se nos “propósitos económicos e sociais do projecto e na forte ligação afectiva dos consumidores aos produtos com incoporação nacional e produzidos em Portugal”, refere a organização do projecto em nota de imprensa.

Desta forma, o programa pretende “captar aderentes para o projecto, sensibilizar o grande público para a escolha informada e para as vantagens sociais e económicas do consumo de produtos portugueses e dinamizar uma network comercial mais competitiva entre empresas nacionais”.

A campanha estará patente em rádio, imprensa, online, mupis, banners, transportes públicos e televisão. Para além disso, irá estar presente em outros suportes promocionais, como eventos de relações públicas, feiras e congressos, debates em fóruns de discussão, acções em escolas, passatempos, programas televisivos, entre outros. Haverá ainda uma rubrica, constituída por 13 emissões no programa “Imagens de Marca”.

O programa “Portugal Sou Eu” foi lançado em Dezembro de 2012 pelo Governo para melhorar a competitividade das empresas portuguesas, promover o equilíbrio da balança comercial, combater o desemprego e contribuir para o crescimento sustentado da economia. Tem financiamento do programa Compete e é gerido por um órgão operacional, formado pela Associação Empresarial de Portugal (AEP), a Associação Industrial Portuguesa-Câmara de Comércio e Indústria (AIP-CCI), a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), sob a coordenação do IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação. No final do ano passado, tinham sido qualificados para usarem o selo “Portugal Sou Eu” cerca de 1400 produtos de 200 empresas

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Transformação digital na Gestão de Pessoas: como está a evoluir?
Automonitor
Volvo quer impacto climático neutro em 2040