Portugal entre os que mais crescem no Grande Consumo

Portugal é o 7.º país da Europa a apresentar um maior crescimento em valor no que diz respeito ao Bens de Grande Consumo. O relatório “Growth Reporter” da Nielsen indica que as vendas aumentaram 1% em volume e 2,7% em valor, no segundo trimestre do ano. A média europeia não foi além dos 2,4%.

«Neste trimestre, os Bens de Grande Consumo crescem de uma forma equilibrada entre volume e efeito-preço, demonstrando que os consumidores estão a comprar mais e estão a comprar mais caro», indica Ana Paula Barbosa Retailer Vertical director da Nielsen. De acordo com a responsável, este é o cenário mais positivo possível, especialmente tendo em conta que o período homólogo anterior já tinha sido de crescimento (6,1%).

Considerando os primeiros seis meses do ano, as categorias de Congelados e Mercearias foram as que mais dinamismo apresentaram, com subidas em valor de 5%. Ana Paula Barbosa justifica o bom desempenho dos congelados com a procura dos consumidores por soluções convenientes. As Bebidas Alcoólicas e os Lacticínios saltaram 3% e as Bebidas Não Alcoólicas, Higiene Pessoal e Higiene do Lar 1%.

Ainda no acumulado do ano, as marcas de fabricantes registaram um crescimento de 3,5%, ao passo que as marcas de distribuição se ficaram pelos 3%.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão