Porto Tawny 10 e 20 anos investigado. IVDP esclarece idade do vinho

Na passada sexta-feira, o Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP) confirmou que estava a decorrer uma investigação aos Porto Tawny 10 e 20 anos pela universidade holandesa de Groningen, com base na premissa de que os vinhos não teriam a idade referida. Porém, a instituição esclarece agora, em comunicado, que ambos estão dentro do regulamento e daquilo que é esperado.

“Para estes vinhos com indicação de idade, o consumidor não deve esperar apenas uma idade de maturação, mas também um conjunto de características organoléticas próprias da idade indicada e do processo de envelhecimento”, explica o IVDP.

Além disso, a entidade garante que no processo de certificação da denominação de origem protegida (DOP) que realiza são “cumpridas escrupulosamente todas as especificações constantes da legislação europeia e específica da DOP Porto”.

De forma a clarificar a situação, o IVDP “estabeleceu contacto imediato com a Universidade de Groningen” para conhecer detalhes do método utilizado. “Sem questionar o prestígio” da universidade, o IVDP ressalva que a investigação se trata de um trabalho ainda não publicado em revista científica, não escrutinado por pares e cujo método ainda não foi aprovado internacionalmente pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV).

O comunicado avança ainda que foi aberta a possibilidade de estabelecimento de uma colaboração activa no campo da análise isotópica, o que poderá vir a complementar o quadro de determinações que o IVDP adopta.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...