Porquê renovar a imagem de marcas já sedimentadas no mercado?

Por Sílvia Sousa, responsável de marketing da Papiro

Várias são as razões para fundamentar a decisão de renovar a imagem de marcas já sedimentadas no mercado. Entre as mais frequentes estão motivações estratégicas, relacionadas com a necessidade de adoptar um novo posicionamento, consequência de uma mudança ou evolução importante na actividade da empresa.

A decisão de avançar para a renovação da imagem de uma marca, ajustar a sua identidade visual e comunicação implica, em alguns casos, realinhar a marca com base nos valores e propósitos, que inevitavelmente se vão transformando ao longo do tempo, e constitui um processo natural de evolução que deverá ocorrer em algum momento da existência das marcas.

Acompanhar o processo de transformação dos negócios, apenas tendo como foco os produtos e soluções, é insuficiente se a identidade da marca não for consistente e se não existir uma adaptação às novas formas de comunicação. A utilização intensiva dos meios digitais obriga a que as empresas se adaptem ao ambiente online e criem estratégias para utilizar de forma eficaz este canal de comunicação, conseguindo, desta forma, impulsionar uma melhor experiência dos clientes e do público-alvo. Através da modernização da identidade visual das marcas é possível materializar as transformações efectuadas nos negócios, demonstrar abertura às mudanças e aos novos desafios, e transmitir que a marca tem capacidade para inovar, se transformar, crescer e, acima de tudo, responder às necessidades dos seus clientes e público-alvo.

Algumas áreas de negócio são mais susceptíveis a mudanças disruptivas no seu mercado, nomeadamente as áreas de negócio ligadas à tecnologia, sendo certo que a maior parte das marcas tem a ganhar com uma mudança de imagem que transmita modernidade, comunique simplicidade e que revele que o negócio se está constantemente a inovar e adaptar às novas realidades. A mudança de imagem pode ser o estímulo para dar um novo impulso à marca e, mesmo em áreas mais conservadoras, a necessidade de mudança está presente, para assegurar o desafio de fidelizar e manter próximos os clientes da marca.

As novas tecnologias e tendências implicam mudanças e as marcas necessitam de se adaptar para manter a sua notoriedade em mercados cada vez mais globais e acessíveis. Independentemente do motivo, definir o momento certo para renovar a imagem e efectuar um reposicionamento da marca é fundamental para fidelizar clientes, manter a competitividade, aumentar as possibilidades de novos negócios e potenciar o crescimento da marca.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...