Polimind: o lugar destes puzzles é na parede

Não têm mil peças nem a Torre Eiffel como pano de fundo, mas são puzzles. Também não se guardam numa caixa depois de terminados, mas são puzzles. As construções 3D da Polimind são peças de decoração que, depois de concluídos, merecem um lugar na parede ou mesa da sala

Texto de Filipa Almeida

Dragões, extraterrestres, Estátua da Liberdade ou mapa-múndi? Qualquer uma destas figuras pode passar a acompanhar as fotos de família nas paredes lá de casa. A marca portuguesa Polimind desenha peças de decoração para imaginações mais e menos férteis – o importante é que, quem compre, goste de colocar as mãos na massa.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Março de 2017 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual