Poder de compra dos europeus cresceu 3,5% este ano

O poder de compra dos consumidores europeus subiu perto de 3,5% este ano, resultando numa média per capita de 14,739 euros. Bem acima deste valor encontram-se Liechtenstein, Suíça e Luxemburgo, os países com as médias mais elevadas de poder de compra: cerca de 68, 42 e 35 euros per capita, respectivamente.

Os dados são avançados pelo estudo “Purchasing Power Europe 2019” da GfK, segundo o qual o top 10 é ainda composto por Islândia, Noruega, Dinamarca, Áustria, Alemanha, Finlândia e Suécia. No extremo oposto encontram-se a Moldávia, Kosovo e Ucrânia.

O ranking tem por base o montante disponível para alimentação, serviços, energia, pensões, seguros, férias, mobilidade e produtos de consumo. De acordo com a GfK, o “poder de compra é uma medida do rendimento disponível após a dedução de impostos e contribuições sociais e inclui todos os benefícios de estado”.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Via Verde Estacionar Lisboa com 1.º estacionamento gratuito