Philips firma joint venture para garantir negócio da televisão

philips1A Royal Philips Electronics anunciou hoje que fechou o acordo de joint venture com a TPV Technology Limited. O negócio surge como uma estratégia da marca holandesa para sobreviver no ramo das televisões.

Apenas 30% do capital da joint venture, nomeada TP Vision e sediada em Amesterdão, será detido pela Philips, sendo que os restantes 70% serão detidos pela TPV, que passa, desta forma, a desenvolver, fabricar e comercializar todos os televisores de marca Philips. «A TP Vision será um player forte no mercado global de televisores e irá assegurar a continuidade da marca Philips TV nos mercados», assevera em comunicado o presidente executivo da Philips, Frans van Houten. «A TP Vision irá alavancar a força da marca Philips, poder de inovação e as relações comerciais com a escala de produção e excelência operacional da TPV», reitera.

«A TP Vision vai continuar a trazer o alto nível de inovação aos consumidores dos televisores da marca Philips. Os nossos lançamentos mais recentes têm todas as características para aproveitar o conteúdo digital via retransmissão ou internet. Acreditamos no desenvolvimento de produtos que afectam a vida das pessoas e estão disponíveis para todos os consumidores nos mercados onde operamos», reforça o presidente executivo da TP Vision, Maarten de Vries.

A TP Vision será responsável pelo design, produção, comercialização, distribuição e venda de televisores Philips em todo o mundo, excepto na China, Índia, Estados Unidos, Canadá, México e alguns países sul-americanos. Como parte da transacção, serão transferidos para a TP Vision 3300 funcionários nas áreas de inovação, produção, comercialização e serviços centrais, informa a Philips.

A tecnológica holandesa já havia estabelecido um acordo semelhante com a TPV, sediada em Hong-Kong, para a produção de monitores.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual