Peças de Siza Vieira em jardim moçambicano

A Larus está a mobilar o Jardim de Tanduro, em Moçambique, e decidiu que os bancos e papeleiras “Serralves” do aquitecto Siza Vieira complementariam o projecto na perfeição. A empresa portuguesa está também a desenvolver equipamentos de raiz com a ajuda de uma equipa de designers e projectistas.

É a primeira vez que a Larus exporta para Moçambique, acção que segundo a marca, em comunicado, intensifica o “plano de expansão internacional e reforça a sua intervenção em projectos urbanísticos de referência”. No entanto, a Larus não é estranha ao continente africano, tendo já sido responsável pelos planos de renovação urbana da Medina de Casablanca e da Baía de Luanda.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Airbus vai ter open day. Há 90 vagas para fábrica portuguesa
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift