Pallas: dos sacos feitos à mão às botas

Há cinco anos, não havia marca e só alguns sacos feitos à mão. Hoje, a Pallas alargou o portefólio e tem clientes fiéis que, ano após ano, procuram os novos modelos… das suas botas. Cá e lá fora.

Texto de M.ª João Vieira Pinto

Chama-se Pallas e é conceito de marca a reter. O nome vem-lhe da fundadora, Carolina Palla Neves. Arquitecta e designer de formação, decidiu começar a desenhar sacos e malas numa altura em que percebeu ter dificuldade em encontrar o que gostasse. Daqui estendeu às botas e sandálias, peças únicas e desenhadas à mão, conquistou clientes e multiplicou o negócio.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Agosto de 2019 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
uMan Xpert: Embaixadores da Transformação Digital
Automonitor
Combustíveis a caminho do maior aumento em 8 meses