Paladin cresceu 300% em quatro anos

Desde que foi lançada, em 2013, a Paladin cresceu 300% em vendas. Desta subida, 1/3 é fruto da internacionalização da marca, que está já em mais de 30 países. Carlos Gonçalves, administrador da Mendes Gonçalves, empresa que detém a marca Paladin, garante que o objectivo é continuar a crescer e «levar o ‘gosto português’ às cinco partes do mundo».

O mesmo responsável explica ainda, em comunicado, que a aposta em Investigação & Desenvolvimento deve-se também a esta ambição: «Desenvolvemos, por ano, em laboratório, cerca de meia centena de novos produtos que possam resultar em experiências gastronómicas diversificadas para consumidores exigentes.» Vinagre em spray, ketchup à portuguesa e piri-piri com fruta da Sacana são alguns exemplos.

No total, a Mendes Gonçalves, que detém também a Peninsular e a Creative, conseguiu duplicar a facturação ao longo dos últimos cinco anos. O volume de negócios passou de 14,5 milhões de euros para 30 milhões de euros.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Conselhos para conduzir à chuva