OS NOVOS DESAFIOS DA NESPRESSO

vincent_termotDepois de crescimentos anuais a três dígitos, o desafio da Nespresso passa, agora, por continuar a garantir fortes resultados num mercado que está já maduro. Além do contínuo aumento da transferência de consumo de fora para dentro de casa, a marca conta ainda com o reforço da sua rede de boutiques

 

Vincent Termote chegou a Lisboa em 2003 como responsável pela implementação e desenvolvimento daquela que o próprio considerava “a Louis Vuitton dos cafés”, ou seja, a Nespresso. Um verdadeiro fenómeno em termos de resposta por parte do mercado, a Nespresso cresceu acima dos 100% nos cinco primeiros anos. E, ainda hoje, continua a reclamar a liderança dentro do segmento de máquinas de café em cápsulas. «Sem contar as vendas feitas através das nossas boutiques, nos últimos 12 meses aproximadamente uma em cada duas máquinas vendidas é Nespresso, o que significa que no segmento unidose a quota da Nespresso é de cerca de 50%», informa o director-geral ibérico, reforçando: «Pretendemos manter esta liderança.»

 

Para garantir esse patamar, em muito irá ajudar o alargamento da rede de pontos de venda. Para já, este é o ano em que a marca suíça mais investimento alocou à abertura de novas lojas. Nem mais que quatro milhões de euros. Para breve, irá abrir no Colombo e, segundo Vincent Termote, o ritmo será sensivelmente de uma loja por mês nos próximos três meses.

 

O ano de 2010 ficará assinalado como o de maior investimento – 4 milhões de euros – da Nespresso em Portugal com novas lojas. Porquê redobrar o investimento este ano? E o espaço de Aveiro foi o primeiro fora de Lisboa e Porto. O que ditou a escolha desta cidade?

2010 está a ser um ano um pouco diferente… Actualmente a Nespresso tem seis boutiques em Portugal. Em 2005, inaugurou a primeira Boutique Nespresso em Lisboa, no Chiado, uma das zonas mais cosmopolitas da cidade. Na capital seguiu-se, em 2008, a Boutique na António Augusto Aguiar, junto ao El Corte Inglés, e a Boutique no Almada Fórum no ano seguinte. Face ao enorme sucesso da Boutique do NorteShopping, inaugurada em Agosto de 2007, surgiu a necessidade de abrir mais uma no Porto, na Avenida da Boavista, e este ano Aveiro recebeu o primeiro espaço Nespresso fora dos grandes centros urbanos.

 

Isto para explicar que o nosso compromisso é estar cada vez mais próximo dos membros do Clube. Sabemos que as nossas boutiques são a montra por excelência da marca e um importante ponto de contacto com o universo Nespresso. Por isso, consideramos espaços não só em grandes centros urbanos, mas também em cidades que têm potencial ou uma base de clientes relevante. Foi o que aconteceu em Aveiro. Com uma importante base de clientes, conseguimos encontrar um espaço fantástico – o Fórum Aveiro não é um centro comercial tradicional – e agarrámos a oportunidade.

 

O redobrar do investimento deve-se ao aumento da base de clientes. A satisfação dos consumidores e o entusiasmo pela Nespresso sustentam o nosso crescimento, mas a decisão final depende sempre das oportunidades.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Zmar tem novos directores para os Departamentos Comercial e de Marketing
Automonitor
Bentley Flying Spur com novo acabamento Blackline