Operadora jamaicana lidera guerra aos anúncios

Pela primeira vez, uma empresa dedicada a software de bloqueio de anúncios móveis assinou contrato com uma operadora de telecomunicações para eliminar totalmente a publicidade. Os protagonistas destas histórias são a Shine, startup israelita, e a Digicel, pequena operadora jamaicana.

Em teoria, o bloqueio afectará todos os browsers móveis e ainda os anúncios in apps de todos os utilizadores, não oferecendo opções diferentes aos consumidores, contudo, a Digicel abriu uma excepção. Segundo o Business Insider,  as páginas de alguns meios de comunicação locais não serão afectadas, sinal do objectivo final da operadora: chegar a acordo com os gigantes como a Google, Yahoo e Facebook para que também os seus sites possam manter a publicidade. A Digicel acredita que o dinheiro ganho por estes sites é injusto, tendo em conta a largura de banda que utilizam, pelo que a operadora espera conseguir um equilíbrio e permitir, assim, os anúncios destas tecnológicas.

Com 13,6 milhões de clientes em 31 mercados, a Digicel vai começar por aplicar o bloqueio apenas na Jamaica, mas é esperado que o mesmo seja alargado aos restantes países em que marca presença, caso a reacção seja positiva.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta ferramenta promete vir revolucionar a Segurança e Saúde no Trabalho
Automonitor
AUTOBEST 2020: Novo Opel Corsa é um dos finalista