O que se faz com agulha e linha? Uma mostra no Maus Hábitos

A obra de Eliane Duarte, artista brasileira que faleceu em 2006, é revisitada na exposição “Agulha Guia”, promovida pelo Maus Hábitos. A mostra, com curadoria de Cláudia Saldanha, é inaugurada neste espaço cultural da cidade do Porto no dia 14 de Fevereiro.

O trabalho de Eliane Duarte tinha por base um exercício de transformação, que implicava recortar, dobrar e costurar as suas próprias pinturas e, desta forma, descobrir novas superfícies e abordagens.

«Trabalho com agulha e linha como se fossem vísceras, meu intestino grosso e delgado… É através deles que existo e tento fazer arte. Com agulha e linha crio um pequeno mundo pra mim mesma, onde tento me entender», comentou a artista sobre o seu trabalho.

Quem quiser conhecer melhor a exposição, poderá participar numa visita com a curadora, a ter lugar no dia da inauguração, pelas 22h. Para 15 de Fevereiro está prevista também uma master class sobre o percurso e a obra da artista brasileira, na Aula Magna da FBAUP.

A curadora Cláudia Saldanha acredita que a mostra «traz à tona a actividade fugaz mas de grande valor de Eliane Duarte», tendo colaborado no seu desenvolvimento amigos próximos da artista.

Foto de Adelmo Lapa

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Conselhos para conduzir à chuva