O menu do LOCO está mais português do que nunca

Há novidades no menu do LOCO e são bem portuguesas. O restaurante do chef Alexandre Silva no bairro da Estrela, em Lisboa, continua a respeitar a sazonalidade dos ingredientes mas não deixa que a criatividade fique para trás e, nos novos pratos, a inspiração portuguesa é rainha.

«Os pratos que temos neste momento compõem um menu mais coeso, com maior intensidade e mais português do que nunca», adianta o chef. Tanto o menu de 14 como o de 18 momentos apresentam receitas a estrear com ingredientes também nunca vistos no restaurante, incluindo carabineiro e leitão. «A ideia de trabalhar produtos que a maioria dos restaurantes fine dining trabalha é, só por si, um desafio — o de fazer diferente e bem», explica Alexandre Silva.

Nos snacks, as novidades vão desde Ostra da ria de Aveiro com pêra rocha e bebida de côco a Cavala marinada em miso de feijão, com tira de lardo e alface do mar, Brûlée de codium com sapateira, gel de caranguejo e água do mar ou ainda Rabo de boi com salsa, espuma de alho assado e molho bordalês.

Passando para os pratos principais, há Carabineiro com molho ceviche com capuccino feito com as cabeças do peixe, Bacalhau confitado (curado 13 meses) com puré de alho negro e emulsão das peles do bacalhau, Cogumelos silvestres com caldo de mão de vaca infusionado com citronela e cedrat e, por fim, Barriga de Leitão cozinhada 24 horas, com rolo de batata frita e molho de cogumelos fermentados e pimenta preta.

Caso ainda haja espaço para sobremesas, Carolina Pereira, chef de pastelaria do LOCO, sugere Granizado de romã com redução de romã a 80%, gelado de coco e lascas de coco ou Puré de medronho com iogurte de cogumelos, toffee de malte, crocante de malte e medronhos em pickle.

Foto de Paulo Barata

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Zmar tem novos directores para os Departamentos Comercial e de Marketing
Automonitor
Confirmado: Peugeot 508 Sport Engineered chega em 2020