O Bacalhau da Islândia em concurso com as Escolas de Hotelaria e Turismo de Portugal

MARKETEER CONTENTS

O Bacalhau da Islândia em parceria com o Turismo de Portugal promoveu um concurso aberto à participação dos alunos das Escolas de Hotelaria e Turismo do centro e norte de Portugal (Porto, Viana do Castelo, Coimbra e Caldas da Rainha).

Através de iniciativas como esta, o Ministério do Turismo da Islândia visa dar novas oportunidades a futuros chefes cozinheiros das escolas do Turismo de Portugal, ao mesmo tempo que demonstra as características únicas e potencial culinário deste produto cada vez mais importante para a economia do país.

Cada concorrente teve como desafio a criação e apresentação de uma receita com Bacalhau Salgado Seco da Islândia, tendo cada Escola apurado o seu representante que, por mérito próprio, participou numa final nacional.

Esta final teve lugar há dias na Escola de Hotelaria e Turismo do Porto, na presença de um júri presidido pelo Chef Pedro Pena Bastos (do Restaurante Cura no Ritz Four Seasons). Os finalistas de cada Escola apresentaram o seu talento em propostas culinárias criativas, tendo sido apurado o vencedor – Sónia Vila de Sã, da Escola de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo. À vencedora e à sua formadora é oferecida uma viagem e estadia na Islândia, com a oportunidade de visitar as aldeias piscatórias que se dedicam à preparação do bacalhau.

Nas palavras do Diretor da Escola de Hotelaria e Turismo do Porto, Dr. Paulo Morais Vaz, “esta é uma fantástica oportunidade à qual tivemos todo o prazer e interesse em nos associarmos, uma vez que permite aos nossos alunos mais uma oportunidade de cariz internacional de demonstrarem os seus conhecimentos e capacidades, colaborando ao mesmo tempo no processo de divulgação de um produto tão nobre e tão relevante para a gastronomia portuguesa”.

Sobre o programa de promoção do Bacalhau da Islândia

O bacalhau é, sem dúvida, um dos pilares básicos da cultura, gastronomia e economia islandesa. É a estrela maior da ampla variedade de peixes e marisco de qualidade da Islândia. É também um símbolo que une a Islândia aos países do sul da Europa como Portugal, Espanha e Itália. Países que sabem apreciar a qualidade deste produto e partilham o amor pelo seu sabor. O programa de promoção do Bacalhau da Islândia tem como objetivo fortalecer a boa imagem deste peixe nos seus principais mercados – através da promoção da sua origem e alta qualidade, proveniente de fontes sustentáveis no mar que rodeia a Islândia. A Associação Islandesa de Produtores de Bacalhau Salgado (ISF) e a Promote Iceland (Íslandsstofa), com o apoio do Governo da Islândia, iniciaram o projeto “Prova e partilha o segredo do Bacalhau da Islândia”.

Rodeada pelo Atlântico e com muitos séculos de tradição, a Islândia é um país onde a arte da pesca está preservada na memória coletiva dos seus habitantes. A pesca é um ofício passado de pais para filhos. As técnicas e os métodos são há séculos estudados e aprimorados. Muitas famílias islandesas vivem da pesca e da transformação do peixe há várias gerações. O bacalhau é um dos peixes mais valiosos para os islandeses. A qualidade ímpar do Bacalhau da Islândia faz dele uma iguaria para os habitantes do sul da Europa e de outros mercados longínquos.

Os pescadores de bacalhau têm apenas um objetivo: garantir o melhor produto possível. O bacalhau é capturado nas águas límpidas que rodeiam a ilha e produzido com cuidado e respeito, tanto pela natureza como pelos consumidores. Porque é preciso uma aldeia inteira para produzir bacalhau salgado de qualidade.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...